Automatização de processos ou automação de processos?

A gestão dos processos é uma prática fundamental para o sucesso de qualquer empresa. Com a transformação digital, a busca por tecnologias que otimizem as práticas do dia a dia é cada vez maior. Entretanto, é natural que surja uma dúvida ao lidar com o assunto. Afinal, o correto é automação ou automatização de processos?

Para esclarecer essa questão, eu mostrarei, aqui, as diferenças entre ambos os conceitos e quais são seus benefícios, além de dar algumas dicas para implementá-los. Confira!

Automação de processos

Automação é um termo que se refere a mecanismos autorreguláveis. Em outras palavras, são ferramentas que introduzem correções em seu funcionamento sem a necessidade de uma interferência humana. Na indústria, por exemplo, essa é uma prática extremamente comum.

Sistemas de automação executam ajustes finos que reduzem a ocorrência de falhas nos processos. Um sistema de Big Data Analytics, por exemplo, coleta dados de sensores nas máquinas para gerar relatórios que indiquem desvios na performance que possam representar um risco de quebra.

Nos escritórios também já existem processos com automação. Os chamados processos com inteligência artificial. Falando com estas palavras acaba parecendo uma coisa de outro mundo, mas não é. Na verdade, o processo aprende com as suas ações e começa a executar as tarefas sozinho. Clique na imagem abaixo e veja uma demonstração sobre o que eu estou falando.

Inteligência artificial
Inteligência artificial

Automatização de processos

Na automatização, os sistemas precisam da interferência humana para realizarem as correções. Um bom exemplo da diferença para a automação pode ser dado pela análise de um ar-condicionado e de um ventilador.

Enquanto o primeiro (ar-condicionado) é um sistema de automação, que autorregula a temperatura de acordo com as medições que faz, o outro (ventilador) depende do homem para inserir parâmetros que guiem seu funcionamento.

Na indústria, o CLP (controlador lógico programável) é um exemplo clássico de ferramenta que automatiza os processos de produção de acordo com os critérios definidos pelo programador.

Quando a gente fala em escritórios podemos usar como exemplo o uso de um BPMS (Business Process Management). Uma vez que o BPMS faz a automatização de processos com a ajuda de um ser humano para modelar o processo e na criar as regras daquele processo.

Benefícios para a empresa

O primeiro ponto a ser destacado por ambas as estratégias é a otimização dos processos. Mesmo com a automatização, que exige interferência humana, os processos são executados em ciclos que permitem uma melhoria contínua no desempenho.

As falhas humanas tendem a diminuir e a qualidade, por sua vez, é crescente. Além disso, um ponto que chama a atenção é que automatizar traz uma redução de custos significativa.

Não é à toa que robôs e softwares estão cada vez mais presentes em diversos setores do mercado. Mesmo empresas que atuam no ambiente digital têm buscado implementar sistemas de atendimento automático (chatbots, por exemplo).

Porém, os benefícios vão ainda mais longe. A implementação de sistemas de automação é fundamental para qualquer empresa que visa a adotar uma cultura inovadora. Com ferramentas mais eficientes, sua marca tende a se melhor posicionar no mercado, à frente dos concorrentes que pararam no tempo.

Para complementar, os processos se tornam mais integrados entre si. A transformação digital e a Indústria 4.0 são bons exemplos disso. A tendência é que, cada vez mais, atividades passem por um processo de automação que unifique os sistemas da empresa.

Primeiros passos

A implementação de métodos de automação ou automatização deve começar por mudanças internas básicas. Realizar um mapeamento de processos, por exemplo, ajuda a identificar pontos passíveis de automação. Monitorar e registrar as ações, principalmente na relação com o cliente, é outro ponto fundamental.

O próximo passo é verificar as soluções tecnológicas disponíveis no mercado que atendem às suas demandas. Isso não significa necessariamente substituir equipamentos. É possível investir em soluções digitais que integrem processos e otimizem sua execução.

Automação ou automatização são escolhas que dependerão das características de cada processo de sua empresa. Mas, que estas inovações trazem um caminhão de benefícios isso ninguém mais pode duvidar. E se duvidar, basta ler nossas histórias de sucesso! Eu adoro aquelas histórias de sucesso! Em uma delas, transformamos um processo que era executado em 8 dias para execução em 30 minutos! It’s magic! 

Venha conversar com a gente!

Teste o Orquestra BPMS, software de colaboração de processos mais premiado do Brasil

O Orquestra BPMS ajuda você e sua empresa e organizar melhor o trabalho, reduzir desperdícios e padronizar como as coisas são feitas

Testar BPMS

View posts by
Meu nome é Bruna Amaral. Sou Engenheira de Produção, formada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos. Possuo oito anos de experiência atuando em melhorias de processos de negócio em empresas de grande porte como: Ferramentas Gedore, AGCO do Brasil, John Deere e DHB Global. Sou auditora de processos formada pelo Instituto de Qualidade Automotiva (IQA) e apaixonada por Business Process Management e melhoria contínua.