MEC passa a avaliar IES com base na gestão e digitalização de Documentos Acadêmicos

A portaria 1.224 morreu antes mesmo de algumas instituições finalizarem os trabalhos que haviam iniciado sobre ela. No final do ano passado, foram lançadas novas regras para as Instituições de Ensino Superior (IES). Foi então que, entre Decreto e Portarias, o assunto digitalização de documentos acadêmicos entrou em pauta.

A partir de 15 de dezembro de 2017, com suas normas já entrando em vigor no mesmo dia da publicação, o MEC passou a avaliar as instituições de ensino superior baseado nos critérios do Decreto 9.235 e das Portarias que o complementam.

Nova legislação

Falando especificamente sobre o acervo acadêmico, a proposta da nova legislação visa estimular o investimento das instituições em projetos de gestão de documentos em meio digital, com métodos que garantam a integridade e a autenticidade de todas as informações contidas nos documentos originais. Tem um texto específico aqui no blog falando sobre o que de fato muda com a implementação desta nova lei. Vale a pena ler!

Organização e guarda de documentos

Este tópico, há um bom tempo, tem se mostrado um dos grandes desafios para as instituições de ensino. O crescimento no número de alunos, cursos e professores resultou em um aumento considerável no volume de documentos e arquivos a serem armazenados e controlados.

De acordo com o Inep, houve um aumento de 62,8% no número de ingressantes em cursos de graduação no Brasil, em dez anos (2006 até 2016).

Veja também: 5 principais dificuldades x como a Gestão Eletrônica de Documentos pode ajudar

Desde a inscrição no processo seletivo até a formatura, as IES são responsáveis pelo registro e conservação de toda a documentação do aluno ao longo da sua trajetória acadêmica. Matrículas, cadastros, provas, atestados, pesquisas, diplomas, histórico escolar, histórico financeiro, entre tantos outros.

Muitas instituições têm procurado por soluções de gestão documental para vencer esse desafio. Não apenas para estar de acordo com a legislação, mas também buscando aumentar a segurança, a facilidade de acesso às informações e gerar ganhos de produtividade.

As soluções baseadas em ECM/GED (Enterprise Content Management ou Gerenciamento Eletrônico de Documentos) contam com diversos recursos para captura, extração, manuseio e gerenciamento de dados em formato digital. Garantem acesso rápido, rastreamento, confiabilidade e integridade das informações contidas em cada documento. Além disso, permitem a integração com bancos de dados, sistemas, controles de processos e assinatura utilizando certificado ICP Brasil.

Benefícios do Gerenciamento Eletrônico de Documentos

  1. Segurança e integridade das informações
  2. Localização rápida e transparente de qualquer documento, disponível para todos os envolvidos
  3. Melhoria significativa da produtividade, com redução de custos operacionais e economia de tempo
  4. Satisfação e motivação da equipe de trabalho
  5. Maior organização das informações, reduzindo risco de perda de documentos
  6. Otimização de espaço físico
  7. Conformidade com a legislação e meio ambiente

Com certeza este será mais um desafio para as instituições de ensino superior e sua transformação digital. O prazo é curto, apenas dois anos. Muitas delas já fizeram a migração há tempo, outras estão em processo de digitalização do acervo neste momento e uma terceira parte esta processando a ideia.

Para complementar, veja este vídeo [Aprox. 4 min]:

Este vídeo é parte de uma apresentação que fiz um tempo atrás. O foco foi GED (ECM) e Workflow (BPM) para Instituições de ensino. Fomos a campo, unimos nossa experiência sobre o assunto e criamos este webinar (apresentação online).

______________________________

Vale ressaltar que todos os negócios no geral já estão imersos na transformação digital. No início um certo esforço é necessário, mas no final do projeto percebe-se que as instituições ganham muito com isso, os funcionários ganham e os alunos também. Pois, a migração para o meio digital (seja de documentos ou de processos automatizados) torna a vida das pessoas mais simples e os processos mais eficazes.

Veja também: Demonstração de um processo no BPMS (workflow) e ECM (GED) para instituições de ensino

Capture, compartilhe e controle documentos e informações. Conheça o Orquestra ECM.

Teste o Orquestra BPMS, software de colaboração de processos mais premiado do Brasil

O Orquestra BPMS ajuda você e sua empresa e organizar melhor o trabalho, reduzir desperdícios e padronizar como as coisas são feitas

Testar BPMS

View posts by
Meu nome é Bruna Amaral. Sou Engenheira de Produção, formada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos. Possuo oito anos de experiência atuando em melhorias de processos de negócio em empresas de grande porte como: Ferramentas Gedore, AGCO do Brasil, John Deere e DHB Global. Sou auditora de processos formada pelo Instituto de Qualidade Automotiva (IQA) e apaixonada por Business Process Management e melhoria contínua.